Carteira HC Investimentos – Dez [+2,36%] | Ano [+14,42%]

Este post é mais uma atualização da série publicada sobre minha carteira pessoal de investimentos, a Carteira HC Investimentos.

Clique no link para ter acesso a leitura de todos os meses de publicação.

Durante o ano de 2010 disponibilizei a minha carteira pessoal de investimentos, assim como as estratégias que tomei e minhas avaliações de futuros cenários.

Meu objetivo era mostrar que todos podem investir da mesma forma como os fundos profissionais.

Neste artigo, trago uma abordagem detalhada sobre o ano de 2010, analisando a rentabilidade da Carteira HC com diversos ativos e fundos, a evolução da alocação e da rentabilidade da carteira, rendimentos mensais em 2010, operações realizadas no ano e estatísticas gerais como retorno no ano, risco (volatilidade) e índice sharpe.

Ademais, disponibilizo ao final do artigo a planilha utilizada para realizar todos os cálculos, tabelas e gráfico. Boa Leitura!

Benefícios da Alocação de Ativos

Adotando uma estratégia de alocação de ativos, diversificando a carteira com vários ativos, podemos progredir no mercado sem abalar nossa saúde física e mental.

A tranquilidade desta estratégia que venho “pregando” neste ano nos permite utilizar os investimentos para gerarmos renda passiva, aquela que vêm na forma de lucros e juros, sem necessidade de trabalho adicional.

É praticamente um meio de deixar a carteira em piloto automático e fazer pequenos ajustes ao longo do tempo.

Rentabilidades Mensais

O mês de dezembro foi excelente para a Carteira HC Investimentos, que apresentou uma rentabilidade de +2,36%, valor que, por coincidência, foi a mesma rentabilidade apresentada pela bolsa no mês. O CDI teve valorização de +0,93%.

Rentabilidades Anuais

No ano, a Carteira HC Investimentos teve um desempenho de +14,42%, valor que representa uma rentabilidade de 149,03% do CDI, que terminou o ano com variação de +9,67%.

O Ibovespa teve uma pequena valorização de +1,04% no ano.

Superar o Ibovespa e o CDI no ano poderia deixar muitos investidores contentes.

Entretanto, eu gosto sempre de desafiar meus limites.

Minha meta no ano era superar a rentabilidade do lendário Fundo Verde da Credit Suisse Hedging Griffo, que apresenta um patrimônio líquido superior a R$ 2,5 Bilhões e uma rentabilidade anual superior a 33% desde 1997.

No final de novembro, a Carteira HC Investimentos estava com uma rentabilidade acumulada de 11,78% contra 12,36% do Verde.

Praticamente 0,60% atrás. Será que a rentabilidade de no mês 2,36% foi suficiente para superar o Verde e fechar o ano de 2010 com chave de Ouro?

Avaliação de Desempenho

SIM! Consegui fechar o ano no primeiro lugar do ranking dos Fundos de Investimentos que acompanho.

O Verde teve uma rentabilidade de +1,23% no mês de dezembro, fechando o ano com rentabilidade de +13,75%.

Um valor impressionante dado o baixo rendimento da bolsa no ano. Segundo o relatório do próprio fundo, o destaque da carteira foram as ações, cuja rentabilidade no ano foi de +8,12%.

Superar o fundo de investimento que mais admiro, tanto pela sua excelente gestão como pelos relatórios cheios de valor, foi uma grande conquista pessoal.

Até o dia 17/12 já havia praticamente desistido desta meta, já que minha rentabilidade estava abaixo do Verde.

Entretanto, a rápida subida de alguns ativos na carteira tornaram este sonho uma realidade.

Rentabilidade Mensal

1. Fundos Imobiliários [+6,67%]. Os principais ativos que foram responsáveis pela rentabilidade de +2,36% da Carteira HC Investimentos foram os fundos imobiliários, com destaque para o FPAB11, que subiu incríveis +10% em apenas um único dia, conforme destaquei através do twitter e do facebook.

FFCI11 e WPLZ11B também subiram forte no mês, corroborando para uma rentabilidade de +6,67% no agregado dos Fundos Imobiliários.

2. Ações [+4,47%]. Além destes fundos, PETR4, com uma rentabilidade de +11,85%, foi também decisiva, já que, mesmo tendo apenas uma alocação de 2,50% na carteira, compõem em grande peso o PIBB11, que registrou rentabilidade de +3,74%, valor acima do Ibovespa, que acumulou alta de +2,36% no mês. No agregado, a carteira de ações rendeu +4,47%.

3. Câmbio [-3,33%]. Teve baixo rendimento com a queda de -3,11% do Fundo Cambial (Dólar Comercial caiu -2,91%) e com a queda do Ouro de -3,53%, gerando um resultado agregado do Câmbio de -3,33%.

4. Renda-Fixa [+1,27%]. Títulos públicos prefixados e indexados à inflação renderam mais do que posfixados no mês. Destaque para a NTN-BP 2015, com rentabilidade de +2,03%. As novas debêntures pouco agregaram ao portfólio já que têm menos de um mês de operação.

Dúvida na Precificação. Não consegui precificar a debênture BNDS 25, já que não encontrei seu Preço Unitário (PU) histórico.

Esta debênture é remunerada através da taxa de juros do contrato de DI de 3 meses + a sobretaxa fixa de 0,3%. Poderia utilizar os preços no mercado secundário, porém, como estavam muito próximos do valor de face (R$ 1.000), optei por considerar o preço no final de dezembro como R$ 1.000, dando 0% de rentabilidade.

O que vocês sugerem para melhorar esta precificação?

Alocação de Ativos

Faço sempre questão de frisar em toda atualização da carteira: “A alocação de uma carteira de investimentos é responsável por praticamente 90% de seus resultados no longo prazo.

Portanto, mais importante do que market timing e a escolha de ativos (asset picking) é a alocação que você define para cada ativo de seu portfólio”.

No gráfico abaixo podemos observar a alocação de ativos em conjunto com a rentabilidade de cada classe de investimento.

clique na imagem para ampliar

1. Renda-Fixa [+12,53%]. A rentabilidade acumulada de +12,53% na Renda-Fixa, acima do CDI no mesmo período com valorização de 9,75%, pode ser explicada através da maior alocação nos títulos públicos prefixados e indexados à inflação, cuja rentabilidade foi superior aos títulos posfixados.

A alocação em Renda-Fixa manteve-se sempre próxima de 40%, patamar que considero neutro para a Carteira HC Investimentos.

2. Fundos Imobiliários [+29,96%]. Campeão de rentabilidade, o investimento nos fundos imobiliários trouxe ganhos de quase +30% no ano, valor mais de 3 vezes superior ao CDI no período.

Em relação à média dos Fundos Imobiliários, cuja rentabilidade foi de 26,87% (mais detalhes ao longo do artigo), minha carteira mostrou boa escolha de ativos (asset picking), além de bom market timing, embora a influência destes no resultado geral tenha sido baixa.

3. Câmbio [+10,36%]. Do lado positivo, o Ouro colaborou com uma rentabilidade superior a 30% para o portfólio, enquanto o Dólar, através do Fundo Cambial, apresentou baixa de -4,32%.

No agregado, o resultado da carteira de câmbio ficou em +10,36%.

4. Ações [+0,13%]. Ligeiramente abaixo do Ibovespa no ano (+1,04%), a carteira de ações teve um desempenho de +0,13%.

O principal fato para este resultado foi o investimento no PIBB11, que sofreu com a queda da PETR4 no ano, no valor de -23,54%.

Evolução da Alocação

No gráfico acima podemos acompanhar a evolução da alocação da Carteira HC Investimentos. Alguns destaques são necessários:

1. Alto Hedge até maio/2010. A decisão de manter uma alocação próxima entre ações e câmbio no início do ano se deu através de um estudo do Equity Risk Premium no Ibovespa, que mostrou uma oportunidade para reforçar a proteção, ou seja, deixar a alocação em câmbio acima do normal, que seria algo em torno de 10%.

Esta decisão mostrou-se correta, já que a rentabilidade da Carteira HC Investimentos estava em +4,11% até maio/2010, enquanto o Ibovespa apresentava perdas de -8,09% no mesmo período.

2. Aumento da alocação em Ações. Após o Ibovespa apresentar uma queda no ano de quase -15% durante o mês de maio resolvi vender parte da alocação em Renda-Fixa e em Câmbio para elevar a alocação em Ações de 20% para 30%.

Esta documentação pode ser encontrada neste artigo sobre a Carteira HC Investimentos no mês de maio.

3. Aumento da alocação nos Fundos Imobiliários. Ao aumentar a alocação de 10% para valores próximos a 20%, foi possível aproveitar o bom momento destes fundos no ano, cuja rentabilidade média no período foi de +26,87%, conforme detalhado no gráfico abaixo.

Rendimentos Mensais

Abaixo, podemos conferir uma tabela com todos os rendimentos recebidos na Carteira HC Investimentos em 2010.

Todos isentos de Imposto de Renda e apresentando um bom yield. Como é bom acessar a conta e ver o dinheiro entrando todo mês!

Operações em 2010

Abaixo, uma lista com todas as operações realizadas em 2010.

Na tabela à direita, é possível encontrar a rentabilidade total de cada operação de venda, além da rentabilidade anualizada.

Compras. O mês de dezembro foi corrido nas operações realizadas.

A compra de dois novos Fundos Imobiliários, Floripa Shopping (FLRP11B) e Campus Faria Lima (FCFL11B) já apresenta rentabilidade positiva até hoje, respectivamente de +2,31% e +4,47%.

Além destes fundos, foram compradas também as novas debêntures do BNDES.

Vendas. No lado da venda, optei por liquidar a posição no Shopping West Plaza, decisão que, embora no lucro, foi tomada muito cedo, abaixo da meta dos R$ 105,00.

Hoje, o fundo já está cotado próximo de R$ 110,00. Outro fundo vendido foi o Projeto Água Branca.

Infelizmente, a ordem foi parcialmente executada e só consegui vender em torno de 50% da posição ao preço de R$ 300,00.

Hoje, o fundo está cotado a R$ 285,00.

Estatísticas

Quer saber como se comportaram vários ativos no ano?

Abaixo, apresento tabelas e gráficos que analisam a rentabilidade, o risco e o índice sharpe de cada ativo.

clique na imagem para ampliar

Retorno. O Ouro teve um excelente desempenho no ano, com rentabilidade acumulada de 32,27%.

Na parte de baixo do gráfico, encontramos o azarão de 2010: PETR4, com uma rentabilidade negativa de –23,54%.

Conheço muitos investidores que alocam 100% em PETR4.

Não sou favorável nem a 100% em Fundos de Índice de Ações, muito menos 100% em uma ação individual, sujeita a muito mais riscos. Diversificar é preciso!

Lembre-se que diversificação não significa reduzir retorno.

Ela pode também aumentar o retorno.

No caso, a Carteira HC Investimentos fechou o ano com rentabilidade no valor de 14,42%, acima do Ibovespa, do CDI e do Verde, estando amplamente diversificada.

Risco. Medido através da volatilidade (desvio padrão anual das rentabilidades mensais), apresenta-se em ordem dos menos arriscados para os mais arriscados no gráfico.

A poupança aparece como o ativo menos arriscado e VALE5 como o mais arriscado.

Notem que o risco da Carteira HC Investimentos, no valor de 4,47%, foi menor do que o Fundo Verde.

Maior retorno com menor risco, uma ótima combinação!

Sharpe. O índice sharpe mede o quanto de retorno foi gerado acima do CDI (ativo livre de risco) por unidade de volatilidade.

Seu cálculo é realizado deste modo: ( Retorno do Ativo – Retorno do CDI ) / Volatilidade do Ativo.

No caso da Carteira HC, o índice sharpe foi de 1,04 [ ( 14,42% – 9,75%) / 4,47% ].

Este é um índice interessante pois avalia tanto o retorno como a volatilidade.

Notem como a VALE5, mesmo com um retorno maior do que a Carteira HC Investimentos, teve um índice sharpe menor, no valor de 0,30.

Este resultado deve-se ao fato deste ativo apresentar alta volatilidade, de 28,31%.

Não existe um valor bom para o índice sharpe, porém, valores acima de 1,0 são bons, já que o retorno acima do ativo livre de risco (4,67% no caso da Carteira HC) supera a própria volatilidade do ativo (4,47%).

Download da Planilha

Conforme já é prática aqui no HC Investimentos, disponibilizo abaixo a planilha utilizada para realizar todos os cálculos, tabelas e gráficos desta atualização mensal.

(Excel versão 2007 | Excel versão 2003)

Conclusão

Alocação de Ativos. Gostaria de recapitular mais uma vez a importância da alocação de ativos.

Ao escolher corretamente os ativos para se compor uma carteira e saber estipular o percentual que será aplicado em cada um deles, você estará dando um longo passo na sua caminhada para a independência financeira.

Frases Inspiradoras. Abaixo, deixo uma mensagem de apoio a todos que estão neste duro caminho que é a conquista da independência financeira.

É bom nos inspirarmos em grandes pensadores para termos força de perseguir nossos objetivos.

There is no wealth like knowledge, no poverty like ignorance.
~ Benjamin Franklin

An investment in knowledge always pays the best interest.
~ Benjamin Franklin

Lembre-se que a pior atitude que podemos tomar é nos acostumarmos a uma zona de conforto.

Para progredir no mercado (e na vida) é preciso sempre buscar novos caminhos, solucionar novos desafios, encontrar novas perguntas.

Não deixe de aprimorar sua inteligência neste caminho.

Compound interest is the most powerful force in the universe.
~ Albert Einstein

Deixe que os juros compostos façam seu trabalho no longo prazo.

De nada adianta focar na rentabilidade de curtíssimo prazo se você não conseguir mantê-la.

Tenha a disciplina para seguir sua estratégia, paciência para esperar oportunidades de compra e venda de ativos e o auto-conhecimento para saber lidar com suas emoções, evitando algum viés na tomada de decisão.

The man who moves a mountain begins by carrying away small stones.
~ Confucius

Grandes conquistas são feitas com pequenos passos.

O importante é começar a mudança e manter o fogo dela sempre acesso dentro de você.

Não importa o tamanho de sua meta, de seus objetivos, tenha sempre em mente que você precisa estar em movimento.

Se hoje você sofre com overdose de informações no mercado financeiro aproveite para refletir quais notícias são realmente importantes.

Foque em estudos, leituras e trabalhos que você sabe que são importantes. Procure não adiar seus objetivos ou dar ouvidos ao ato de procrastinar.

Que 2011 seja um ano tão ou mais próspero como foi 2010!

Gostou do artigo? Compartilhe!

Sobre o autor

Henrique é especialista em alocação de ativos, eleito um dos 5 melhores educadores financeiros do Brasil em 2012/2013. Continue Lendo aqui!

  • Fabio Pacheco

    O primeiro post do ano veio com tudo. Informações em qualidade e quantidade, como é hábito do blog.
    Acho interessante sua iniciativa de mostrar a evolução da carteira HC investimentos e detalhar suas decisões, pois servem como exemplo. Embora tenha uma carteira diferente, mais adequada aos meus objetivos, já encontrei nesse blog inúmeras informações de alto valor que me ajudaram inclusive a avaliar posições. Parabéns.

    • Henrique Carvalho

      Obrigado pelas palavras Fabio!

      É um prazer poder ajudar.

      Abraços!

  • Parabéns, Henrique! Fechou com chave de ouro o ano de 2010!

    Dá pra perceber claramente que a sua carteira teve o melhor desempenho, quando analisamos o retorno ajustado pelo risco. Em outras palavras, sua carteira obteve o maior retorno, exatamente com o menor grau de risco. Isso é fantástico, e demonstra o acerto na montagem da carteira, bem como na seleção de títulos que melhor representassem cada classe de ativos.

    O mais interessante é que essa estratégia é a que melhor representa o poder, no tempo, dos juros compostos. Dito de outra forma: uma carteira que cresce 30% em um ano e decresce 10% no ano seguinte apresenta desempenho inferior a uma que cresce 10% em um ano e mais 10% no ano seguinte.

    Na média aritmética, dá a impressão de que ambas teriam desempenho idêntico (30 – 10 = 20 / 10 + 10 = 20), mas isso não é verdade, devido ao efeito cumulativo dos juros compostos, fazendo com que a segunda tenha desempenho superior, além de embutir menor risco. A matemática financeira trabalha, nesse particular aspecto, com outras premissas.

    Mais uma vez parabéns pelo excepcional desempenho da carteira HCI!

    É isso aí!
    Um grande abraço, e que Deus os abençoe!

    • Henrique Carvalho

      Grande amigo!

      Obrigado pela força prestada o ano inteiro. Sempre me ajudando em diversos assuntos, sejam eles do mercado ou não.

      Seu exemplo é puramente verdadeiro. Melhor ter resultados pequenos, porém, constantes no longo prazo do que resultados mais voláteis (supondo a mesma média aritmética nos dois exemplos) . Por isso é bom diversificar!

      Abraços!

  • Eder

    Fala HC… Parabéns pela carteira… Consegui 109% do CDI em 2010. Para o primeiro ano de investimento estou muito satisfeito com a rentabilidade. Com certeza seu blog ajudou bastante para esse resultado.
    Sobre a rentabilidade das debentures da BNDESPAR… Eu estou utilizando o preço marcação a mercado que é disponibilizado pelo BovespaFIX. Será que estou correto? E outra dúvida as debentures que foram lançadas são BNDP 51, BNDP 52 e BNDP 53… Nao entendi essas BNDS 15,25,35 que você colocou…
    Abraços

    • Major

      Ótima dica do Bovespafix!

      Também fiquei curioso sobre as BNDS 15,25,35.

    • Henrique Carvalho

      Parabéns pelo resultado Eder!

      Primeiro ano com um Ibovespa rendendo apenas +1,04% você mandou muito bem!

      De acordo com meu amigo e especialista (na minha humilde visão) Flávio, é melhor utilizar o PU histórico da própria Anbima. É de lá que pego as informações para a BNDP 15, 25 e 35. Note que os números na Anbima são o inverso das BNDS 51, 52, 53. É apenas uma forma diferente da Anbima de categorizar estas debêntures. Porém, em essência, são as mesmas.

      O mercado secundário ainda é MUITO jovem, apresentando diversos buracos de negociação, fazendo com que o preço neste seja muito diferente do PU histórico. Caso a liquidez melhore, o método mais correto seria utilizar o mercado secundário (Bovespa Fix).

      Abraços!

      • Eder

        Fala HC valew pela resposta… Só que o PU das debentures do BNDESPar no site da Anbima nem aparecem direito… Será que então o melhor não seria o PU do site BovespaFix que é mais constante e tem mais dados??

        Abraços

  • Nossa é muito conhecimento,, será que eu chego lá um dia,, bom pelo menos estou batalhando para isso.
    Parabéns pelo sucesso!

    Eduardo.

    • Henrique Carvalho

      Fique tranquilo Eduardo!

      Só de você estar batalhando para aprender cada vez mais, isso já o coloca na frente de MUITA gente preguiçosa no mercado.

      Informação não falta. Basta filtrá-la. No que pudermos (veja os blogs recomendados) ajudá-lo, conte conosco!

      Grande Abraço e Sucesso!

  • HELISON

    Que blog é esses cara….

    O melhor que já li….

    Tambem olha da fonte que o cara bebe né….

    Livros americanos..
    Parceria com Sergio Beleza dentre outros né…
    Faculdade de primeira…
    E habilidade tambem conta…
    show de bola e olha que eu nem li o artigo ainda…

    Parabens HC…

    Otimo 2011!
    Tudo de bom!

    • Henrique Carvalho

      Obrigado Helison!

      Um ótimo 2011 para você também!

      Abraços!

  • Marcio

    Excelentes informações. Vc poderia me dizer como pagar I.R. sobre o ganho de capital na venda dos FII, com um exemplo, por favor ? Obrigado

  • Mais uma vez, Henrique, obrigado pela visita.

    Meus parabéns pelos ótimos resultados obtidos em 2010. Comecei a acompanhá-lo já no último trimestre do ano, mas com esse resumo geral e os posts passados, já deu pra ter uma ideia de toda a sua estratégia. O seu blog foi uma das descobertas mais bacanas que fiz no ano, e também me incentivou a buscar mais informações, melhorar a minha alocação e gestão da carteira. No fim deste mês estarei mostrando os primeiros resultados, e espero chegar ao fim de 2011 no positivo, assim como você fez em 2010.

    Infelizmente mais de 70% esteve em PETR4 durante todo o ano, e o pouco que fiz de dinheiro foi no lançamento coberto de opções. Esse mês devo ser exercido em PETRA26 e pretendo não recomprar todos os papeis de volta, dando uma diversificada com o que sobrar.

    Quanto aos fundos imobiliários, se não fosse você, eu acho que não teria começado. FFCI11 vem se mostrando um ótimo papel, né? Fiquei muito feliz com ele desde que o comprei. E, aproveitando o assunto fundos imobiliários, existe algum site de onde eu possa tirar as cotações pra atualizar a planilha no excel? Para as ações comuns eu uso o Infomoney, mas pra fundo imobiliário eu to pegando lá no site da ADVFN. O problema de atualizar por lá é que de vez em quando eu tenho que editar a parte de dados externos pra poder logar no site.

    Um grande abraço!

    • Henrique Carvalho

      Olá Victor!

      Fico feliz que o HCI tenha sido uma boa fonte de informações para você!

      Sucesso com sua nova carteira, mais diversificada e preparada para o mundo cão, o mundo real! haha

      As cotações diárias só pagando mesmo. Um boa opção é o Enfoque, se puder arcar.

      Caso não seja possível, você pode consultar as cotações mensais dos últimos 12 meses no site Fundo Imobiliário.

      Abraços!

  • Fantástico! Extremamente completo e informativo.
    Parabéns pela ótima rentabilidade.

    Só lamento o fim da divulgação da carteira.

    Abraços.

    • Henrique Carvalho

      Obrigado Fabrício!

      Sua carteira também teve um ótimo desempenho em 2010 [+12,10%].

      E a análise de fechamento do ano foi muito boa! Parabéns pelo trabalho!

      Abraços!

  • Pingback: Tweets that mention Carteira HC Investimentos – Dez [+2,36%] | Ano [+14,42%] « HC Investimentos -- Topsy.com()

  • Para 2011 vou manter a mesma estratégia de 2010 na renda variável e não devo aumentar meu % de exposição na renda variável. O que pode mudar na estratégia é montar um possível hedge no índice futuro para proteger a carteira.

    No cenário marco econômico pra mim não mudou nada. Temos a questão da guerra cambial a ser resolvida, periferia da Europa com sérios problemas fiscais, países emergentes tendo que frear o crescimento para controlar a inflação que está alta e EUA testando economia sem QE2 a partir do 2º semestre.

    Abcs,

    • Henrique Carvalho

      Olá FI!

      Com o Ibov lateralizando em 2010 e o cenário mundial na mesma, parece que 2010 foi um “ano perdido”.

      Será que 2011 será mais agitado? Para mim, pouco importa, já que a alocação de ativos permite trabalhar em vários cenários.

      Abraços!

  • Olá, HC!

    Parabéns pelo artigo! Maravilhoso texto!

    Graças ao seu blog, entrei para o Vienna Estratégias. Recomendo a todos! Além de ser uma ótima fonte de informações sobre economia, é bem esclarecedor nas recomendações e nos estudos dos fundamentos das empresas. Para mim, está valendo muito a pena o investimento feito.

    HC, desejo um 2011 maravilhoso para você.

    Grande abraço

    • Henrique Carvalho

      Olá Tito!

      É uma honra tê-lo conosco! Ainda mais sabendo da qualidade da carteira de investimentos que está montando!

      Será interessante acompanhá-la durante o ano.

      Desejo um ótimo 2011 para você!

      Abraços!

  • Henrique,
    Obrigado pelo excelente trabalho disponibilizado a nós.
    2010 foi um excelente ano para mim, aprendi bastante aqui no HC Investimentos e no Valores Reais, dois maravilhosos blogs que eu desconhecia.

    2011 pretendo investir um pouco em FII, minha dúvida era como monitorar tais ativos, mas depois de ler tantos artigos aqui no HCI já estou seguro.

    Em resumo, pretendo alocar em mais ativos meus investimentos, hoje quase 100% em ações.

    Henrique, parabéns, ainda mais sucesso ao longo do ano e dos anos.

    Abraço!

    • Maspimentel

      Caro amigo,

      Já estive exatamente como vc até 2009. Resultado = uma fria! Diversificar é tudo, para nas quedas a grana da RF comprar ações baratas e na alta vender as ações que estão com bom lucro e recolocar na RF. Equilibrar o portfólio é o cerne, a alma duma carteira vencedora. Isso implica obrigatoriamente no Asset Allocation. Boa sorte em 2011 e bela decisão de entrar nos FII.

  • Parabéns pela excelente rentabilidade da sua carteira!
    .
    Este ano plageei você e o IF e criei a carteira virtual WF. Como ainda pertenço ao mundo dos pobres virtuais, e ainda não tenho blog, criei um tópico lá no forum onde pretendo atualizá-la mês a mês.
    .
    É uma pena saber que a carteira HC vai deixar de ser atualizada. A forma de apresentação dos resultados da sua carteira é um exemplo para mim.
    .
    Abcs

  • cláudio brasil

    PREZADO HC:
    TENTEI UTILIZAR O TEU MODELO EXCEL PARA CALCULAR A RENTABILIDADE DA MINHA CARTEIRA, MAS NÃO CONSEGUI. CONFESSO SOU UM APRENDIZ(MESMO!) DE EXCEL. RECOMENDAS ALGUM TUTORIAL PARA NEÓFITOS?
    AB., CLÁUDIO

  • TBB

    HC parabéns pelo resultado alcançado. Te desejo sucesso e que você todo ano consiga superar o mítico Fundo Verde.

  • Major

    Olá HC,

    Parabéns pela rentabilidade. Também lamento que a carteira HC não terá mais atualizações, mas compreendo. A série estava um verdadeiro almoço gratis! Obrigado.

    Procurei o FCFL11B no site de Fundos Imobiliários pra checar sua liquidez e não encontrei. É lançamento novo ?

    Estou pensando em comprar meu primeiro livro sobre alocação de ativos e pensei no ” All About Asset Allocation “. É uma boa escolha ?

    abs

  • André Savi

    Olá HC, tudo bem?

    Gostaria de tirar uma dúvida, na sua organização de planilhas que compõe a sua carteira, você cria uma planilha pra ações, outra pra títulos do governo, outra pra fundos imobiliários, etc. e depois consolida as informações em uma outra planilha ou faz tudo em uma única planilha?

    Abraço e obrigado pela atenção.

  • Dornel

    Não consegue manter as atualizações da carteira nem que seja de maneira simples? =]

  • Maspimentel

    Caro HC,

    Quero publicamente agradecer sua colaboração através das informações aqui postadas em seu blog. Comecei a diversificar minha carteira em DEZ/2009 (só tinha PETR4 e VALE5). Minha rentabilidade nos FII atual:
    – EURO11 – 17% (fora dividendos)
    – FFCI11 – 17,10% (fora dividendos)
    – FPAB11 – 26,5% (fora os dividendos)
    – WPLZ11B – 8,5% (fora dividendos)
    – NSLU11B – 0,5% (fora dividendos), comprei há 30 dias.
    – PRSV11 entrei hoje.

    Hoje, FII são 25% da minha carteira. Também tenho CIEL3 e ELPL4 (foco nos dividendos). Os FII de longe bateram a Renda Fixa em 2010 na minha carteira, isso me basta. PETR4 uma hora bate meu preço médio (35,70) e vou liquidar 2/3 da posição desta cumbuca.
    Repito a vc uma pergunta: onde colocaria grana na RF hoje?

  • HC,

    Parabens pelo excelente post. Análise supercompleta. Achei estranho sua posição final alta em cash.

    O dolar só atrapalhou este ano não?

    É realmente uma pena que vc não vai divulgar mais sua carteira detalhadamente. Fica a sugestão de uma divulgação sintética; estilo Fundos de Investimento. Divulga quanto rendeu, e alguns dados bem gerais. Acho que é interessante até como forma de promoção, já que vc pretende seguir carreira no setor financeiro.

    Abs

    • Henrique Carvalho

      Olá Inf.Fin!

      Obrigado pelo comentário amigo!

      Eu esqueci de comentar no artigo. A posição alta em cash não revela nada especial. Apenas um grande aporte que foi feito em 30/12/2010 e ainda não tinha tido tempo para aplicar esse dinheiro. Porém, é importante contabilizar como caixa.

      É…o dólar atrapalhou sim. Mas…nunca sabemos o futuro né. Eu vejo dólar além do investimento. Como tenho muitos gastos na moeda estrangeira, acho importante se prevenir contra variações abruptas da moeda.

      Um ótimo 2011 para você!

      Abraços!

  • Olá HC,

    Parabéns pelo ótimo desempenho anual e pela matéria na revista InvestMais, assim que eu for para o Rio, vou comprar uma edição, na minha cidade não encontro essa revista.

    Acho que a idéia da carteira simplificada uma boa!

    Abraços e sucesso!

    • Henrique Carvalho

      Valeu kerbej!

      Obrigado pelos comentários!

      E parabéns pela evolução gloriosa de sua carteira!

      Abraços!

  • Ae, rapaz!!!
    Parabéns!!! Mandou muito bem!!!
    Abração!!

    • Henrique Carvalho

      Valeu meu parceiro Adir!

      Abraços!

  • Parabéns HC!

    Resultado excelente. Eu vou usar um pouco da sua carteira para planejar mudanças na minha carteira neste ano.

    Contudo, eu particularmente acho que existe uma bolha imobiliária no Brasil e por isso vou ficar fora de investimentos imobiliários. Faça uma pesquisa na web. Você vê imóveis na Republica Dominicana, Ilhas Cayman e outros lugares do Caribe mais baratos que em algumas cidades do Brasil. Como São Paulo e Rio.

    Eu estou pensando em entrar no mercado de letras de crédito. Existe alguma razão pela qual você não investe nelas? Com 30 mil para investir você consegue retornos de 97% do CDI líquidos de imposto.

    • Henrique Carvalho

      Olá VBI!

      Obrigado pelo comentário!

      Fico feliz pelas mudanças gradativas estarem se baseando um pouco na minha carteira.

      Sobre bolha imobiliária é preciso colocar um parênteses, já que imóveis é uma coisa e fundos imobiliários é outra coisa! rsrs

      Não acredito que possamos já dizer que temos uma bolha nos FII. No máximo, que ela está em formação. Os yields ainda estão favoráveis em alguns fundos em relação ao CDI, já que este é passível de IR, enquanto os rendimentos dos FII não. Isso é uma grande vantagem.

      Entretanto, é preciso garimpar muito bem os FII no atual momento…dado o nível de preços!

      Abraços!

  • Th

    Fala HC tudo bem? Parabéns pelo blog

    Eu vi que você recomendou lá trás sites de excel / VBA para aprender e citou 2 americanos o spreadsheet superstar e o academy.

    Você chegou a comprá-los? Se sim qual é melhor e recomendo pro cara ficar realmente bom em VBA de uma vez?

    Abraço

    • Henrique Carvalho

      Olá TH!

      Comprei os dois! VBA recomendo os dois. Porém, o spreadsheet só foca em VBA e o academy vai muito além, abrangendo vários aspectos de excel. Mas este último é avançado mesmo. Caso esteja iniciando agora no excel é bem possível de se perder no curso. Caso já tenha boa experiência, ele te levará muito longe!

      Abraços!

      • Th

        Muito obrigado pela resposta HC sempre disposto e paciente.

        Então se eu fosse começar, pegaria o Spreadsheet basic, aprenderia VBA e depois passaria pro academy, confere?

        Abraço

        • Henrique Carvalho

          Olá Th!

          Eu estou fazendo nesta ordem amigo. Entretanto, caso deseje reforçar ainda mais o excel para encarar estes cursos sugiro o curso do Chandoo. O blog dele é um dos maiores (senão o maior) sobre excel. A didática dele é impressionante na escrita. Só nunca fiz o curso. Por isso me atenho a comentar somente o blog.

          Abraços!

    • André Savi

      Olá TH e HC, poderiam postar os links desses cursos? Spreadsheet basic e academy…

      Tentei procurar e não achei.

      Abraço e obrigado!

  • Marco

    Caro HC,

    Parabéns pelo resultado. Gostaria de perguntar a você uma questão que penso que seja bastante importante neste momento que a taxa selic deve começar a subir: como saber o momento certo de comprar um título pré-fixado para travar uma boa taxa? Me recordo que em novembro de 2008, quando tinha acabado de explodir a crise, tive a oportunidade de comprar NTNF 2014 com taxa de 16,50% que foi um excelente negócio. É claro que aquele foi um momento excepcional. Mas em geral como saber um bom ponto para comprar um título pré, (não somente no momento de subida da selic)?
    No caso particular dos períodos de subida da selic, em geral as taxas mais altas para títulos de 2 a 4 anos ocorre antes do fim do ciclo de alta da selic. E o que vale mais a pena: LTN ou NTNB?

    • Henrique Carvalho

      Olá Marco!

      A pergunta não é fácil. Entretanto, os títulos prefixados e indexados à inflação tendem a oferecer um prêmio em relação aos títulos posfixados. Logo, seu retorno no longo prazo tende a ser maior, assim como seu risco.

      Acredito que em períodos que a taxa dos prefixados se desvia bastante da selic atual pode ser um bom momento para compra.

      No momento atual, estou com olho bem aberto na LTN 01014, que acredito estar melhor do que NTNB.

      O ideal é sempre diversificar entre os 3 tipos de títulos. Porém, meu ranking seria:

      1. LTN
      2. NTN-B Principal
      3. LFT

      Abraços!

  • Alan

    Os dados apresentados já descontam os custos operacionais?

    • Henrique Carvalho

      Olá Alan!

      Os dados são líquidos. Descontam já todos os custos!

      Abraços!

  • Fabrizio

    HC, também tenho as mesmas dúvidas do Marco, em relação aos títulos do tesouro.Qual a sua opnião?

    • Henrique Carvalho

      Respondi ao Marco Fabrizio!

      Veja se a resposta foi condizente com sua pergunta.

      Abraços!

  • barueinvest

    Fala HC… Obrigado pela visita e comentário no meu site…
    Você foi e é o cara que me incentivou nessa jornada de criar um site. Muita coisa eu aprendi aqui e estou utilizando lá.
    Estou escrevendo um post em agradecimento as pessoas que acompanho e você estará nos agradecimentos e colaborações.
    Pretendo deixar uma lista dos blogs e sites que eu acompanho.

    Abraços BaRuÊ

    • Henrique Carvalho

      Muito obrigado pela menção amigo!

      Tenha certeza de que todos, sem exceção, aprendemos um com os outros através deste maravilhoso mundo da internet que nos permite conectar a outras mentes brilhantes.

      Abraços e Sucesso!

  • fabio

    Excelente, HC! Parabéns!
    Conseguiu alguma alternativa de investimento aos FII indexado ao IGP-M?

    Existe algum FII que recomenda hoje, dado esses níveis de preços elevados? O que acha das LCI?

    • Henrique Carvalho

      Olá Fabio!

      Indexação ao IGPM: Debêntures cheguei a dar uma olhada por alto. FII tem uma certa indexação ao IGPM, mas não é muito sensível.

      Vejo os FII como caros hoje em dia. Recentemente, comprei Floripa Shopping (FLRP11B) e Campus Faria Lima (FCFL11B). Acredito que ainda estão com bons preços, embora tenham subido um pouco após minha compra. O fato é que estou preferindo o TD (LTN 010114 e NTN-BP 2015) do que FII atualmente.

      Abraços!

      • Major

        Como vc avalia se um FII está caro ?

        • Henrique Carvalho

          Olá Major!

          Basicamente comparo o preço atual do Fundo Imobiliário com seu respectivo preço teórico. Se o preço atual estiver tantos % acima do preço atual eu considero como caro.

          Esta análise completa eu detalhei com exclusividade para os associados do Clube de Vienna.

          Abraços!

  • BaRuÊ Invest

    Fala HC,

    No calculo do risco por que vc multiplica pela raiz de 12? Não era só o desvio padrão mesmo?

    Abraços

    • Henrique Carvalho

      Olá Baruê!

      Faço isso porque analisamos os retornos mensais. Logo para trazer para anual, devemos multiplicar pela raiz de 12.

      Abraços!

      • BaRuÊ Invest

        Entendi… Entao para calcular a cada mês eu devo ir multiplicando pela raiz de quantos meses estou analisando ? Seria isso? Por ex. pego jan, fev e març e faço o desvio padrao e multiplico pela raiz de 3??

        Obrigado pela paciência HC…

        Abraços

        • Henrique Carvalho

          Olá Baruê!

          O ideal é ter pelo menos 12 meses para avaliar a volatilidade. E a raiz de 12 não se aplica apenas quando se tem 12 meses. Ela é aplicada sobre 12, 15, 30, 180 meses. É uma forma de transformar a volatilidade mensal em anual. Portanto, não faz sentido aplicar a raiz de 3 para os 3 meses. Aplique a raiz de 12 para anualizar.

          Abraços!

  • JAYME

    Henrique,

    Não consigo fazer downloads das sua planilhas, estão travadas?
    Grato.
    Jayme

    • Henrique Carvalho

      Olá Jayme!

      O download está funcionando corretamente aqui. Talvez possa ser algum problema no seu browser. Aqui uso o firefox 3.6.13.

      Caso o problema continue, me avise.

      Abraços!

  • Leonardo

    HC… o que o Clube de Viana pode oferecer… é que pretendo me associar, mais preciso analisar o custo benefício. O Clube ajuda na formação de uma carteira observando os interesses do associado? Acompanha a carteira… dá dicas de quando vender ou não um ativo… etc???

    • Henrique Carvalho

      Olá Leo!

      Aproveite e nos solicite uma demonstração de nosso trabalho. Basta solicitar, através deste link, uma senha de cortesia para que possa avaliar melhor nosso trabalho.

      Abraços!

eBook-alocacao-ativos