Ela está Aqui! Conheça a série Alocação de Ativos 2013 e Saiba Como Participar

serie-alocacao-de-ativos-2013

Ela está aqui!

Nesse artigo você encontrará todas as informações necessárias sobre a série Alocação de Ativos em 2013.

Devido ao sucesso da série em 2011 e em 2012, estamos repetindo a dose nesse ano de 2013.

Conforme tradição, preparei grandes novidades para essa nova série.

Continue lendo este artigo para saber mais sobre as novidades da nova série Alocação de Ativos em 2013.

O que é a Série Alocação de Ativos 2013?

É um aprendizado prático que funciona através dos seguintes passo-a-passo:

  1. Os leitores cadastrados em nossa lista de emails recebem um email contendo a planilha de preenchimento de sua alocação.
  2. Nessa planilha, com 80 ativos pré-selecionados por mim (sim! 80! Mais detalhes ao longo do artigo), os leitores preenchem a alocação desejada em cada ativo e me enviam de volta a planilha preenchida.
  3. Com as planilhas devidamente preenchidas, eu organizo todas elas em uma única planilha de controle.
  4. Mensalmente, eu coleto manualmente  a evolução diária de cada um desses 80 ativos.
  5. Com os dados em mãos, produzo uma série de tabelas e gráficos dessas carteiras e suas rentabilidades.
  6. No início de cada mês, publico aqui no blog a atualização mensal de como essas carteiras desempenharam e faço análises singulares sobre algumas delas. (veja um exemplo aqui)

Como você pode perceber, o único esforço por parte dos leitores é preencher suas alocações de ativos da forma desejada.

Toda a parte de coleta de dados, organização em planilhas, análises dos dados e publicação do artigo mensal é feita por mim.

Objetivos da Série Alocação de Ativos 2013

planejamento-financeiro

Saiba abaixo quais são os dois principais objetivos desse estudo:

1. Foco de Estudo

O principal objetivo da série é ser foco de estudo para o mercado financeiro.

Analisaremos como diferentes alocações se comportarão ao longo do tempo, verificando tanto o retorno como risco dessas carteiras.

2. Testar Hipóteses

Toda pesquisa precisa de hipóteses. Portanto, nós testaremos algumas delas nessa série, como:

  1. Títulos Públicos de Longo Prazo oferecem maior retorno, porém maior risco.
  2. Ações de baixo valor de mercado (small caps) oferecem maior retorno e maior risco do que large caps.
  3. Fundos Imobiliários tendem a apresentam maior retorno e maior risco do que títulos públicos.
  4. Ativos Cambiais tendem a apresentar correlação negativa com a Bolsa, sendo bons ativos para proteção.
  5. Ações individuais apresentam maior risco do que ETFs de ações.

Estas são apenas alguns dados que iremos analisar. Na prática, a análise será bem mais ampla.

Quais Não São os Objetivos da Série?

solucao-problema

Para garantir a qualidade dessa série preciso fazer duas ressalvas:

Nosso objetivo nunca será promover a competição pelo maior retorno

Sabemos que, na grande maioria das vezes, uma carteira que obtém maior retorno é também aquela que tem o maior risco.

Nesta série não há um único vencedor, assim como não já perdedores. Estamos todos aqui para aprender.

Se o seu desejo é competir pela maior rentabilidade existem diversos simuladores de bolsa que oferecem isso…

As carteiras analisadas podem ou não serem carteiras reais, mas não são de maneira alguma carteiras recomendadas

Não nos responsabilizamos por qualquer decisão tomada a partir de alguma destas carteiras.

Esta série, embora utilize dados reais, de ativos reais é apenas um estudo.

Ícone curso Curso 100% grátis!

Junte-se a leitores que recebem as nossas 10 aulas grátis sobre investimentos!

Novidades da Série Alocação de Ativos 2013

Para deixar esta série ainda melhor do que a anterior preparei algumas surpresas para vocês. São elas:

80 diferentes ativos para investir

Na série de 2012 era possível alocar em 51 ativos diferentes.

Agora, nessa série de 2013 resolvi aumentar o número para 80!

Veja abaixo quais serão os ativos:

80ativos

clique na imagem para ampliá-la

Novas análises dentro dos artigos mensais sobre a atualização das carteiras

Novas tabelas de comparação. Mais dados analisados. Novos gráficos.

Tudo para que possamos extrair as melhores dicas de investimentos desta nova série.

Veja por exemplo essa carteira do mês:

grafico-2

Notas Importantes

Abaixo, você encontrará informações importantes para compreender melhor a realização desta série.

  • A carteira que você definir em janeiro/2013 será utilizada até o final de dezembro/2013.
  • Não serão considerados custos.
  • Não será publicado nenhum nome real nesta série. Apenas codinomes. Exemplo: HC = Henrique Carvalho. Sua privacidade é 100% garantida!
  • Os dados diários e mensais dos ativos serão coletados de diversas fontes, como: Tesouro Direto, Guia Invest, Enfoque e Banco Central.
  • Não serão consideradas carteiras com ativos não definidos dentro da planilha enviada por email.

Quando e Como Submeter a sua Carteira de Investimentos?

inscricao

É muito simples!

Amanhã, no dia 23 de janeiro de 2013 (4ª feira) enviarei para todos os leitores cadastrados em nossa lista de emails um email com a planilha para preenchimento.

Basta você preenchê-la e anexá-la ao responder este mesmo email que enviarei no dia 23/01/2013 para você.

O prazo final para o envio das carteiras será no dia 31/01/2013 (5ª feira).

Portanto, você terá um pouco mais de 1 semana para enviar a sua planilha preenchida.

Seguindo esses simples passos você já estará participando.

Caso você ainda não esteja cadastrado em nossa lista, coloque seu email abaixo e clique em “Quero Receber!” Nós cuidaremos de todo o resto.

Ao se cadastrar, você também receberá gratuitamente nosso MiniCurso Grátis sobre Investimentos em 10 lições semanais, além de mais materiais exclusivos, como planilhas de planejamento financeiro e otimização de carteiras.

Conclusão

alocacao-de-ativos-luz

Não sei vocês, mas todo início dessa série de estudos traz grande ansiedade para mim. É o momento pelo qual espero todo ano aqui no blog.

Ela tem sido um aprendizado prático para o mercado, já que utilizamos dados reais de ativos reais e ver a evolução de todas as carteiras é fantástico!

Caso algum detalhe não tenha ficado muito claro, por favor, deixe um comentário ao final desse artigo.

E lembre-se: Amanhã, dia 23/01/2013 estarei enviando para todos os leitores cadastrados na lista de emails a planilha para preenchimento.

Nela você conhecerá os 80 ativos para definir as alocações.

Assim como na série anterior, teremos 4 classes tradicionais: Renda-Fixa, Fundos Imobiliários, Câmbio e Bolsa.

Aguardo ansiosamente a carteira de vocês a partir da 4ª feira, mas por favor não demorem, pois as inscrições encerram no dia 31/01/2013, quinta-feira.

Convide seus amigos para participarem a ajudem este estudo a se tornar uma referência na análise de dados reais, com ativos reais, de pessoas reais.

Conto com a participação de vocês para o sucesso dessa série em 2013.

Forte Abraço,

Henrique Carvalho

(crédito das imagens: shutterstock.com)

Sobre o autor

Henrique é especialista em alocação de ativos, eleito um dos 5 melhores educadores financeiros do Brasil em 2012/2013. Continue Lendo aqui!

  • Que chegue a quarta-feira.

    • Já estou finalizando a planilha para deixá-la mais simples o possível para o preenchimento. Quarta-feira pela manhã (umas 7:00) envio o email!

      Abraços!

      • Camilla Matias

        Esse ano eu participo firme e forte. Abraços!

  • Sílvia Olímpia

    Parabéns pelo esforço! Estou fazendo o minicurso grátis, é muito bom! Estou aprendendo muito. Tenho uma dúvida. Como aplicar em etfs? Obrigada e um ótimo dia para você…

    • Oi Sílvia!

      Para aplicar em ETFs o procedimento é o mesmo que aplicar em ações. Você pode comprá-los através do Home-Broker. A diferença é que você pode comprá-los com lotes de 10 em 10.

      Portanto, se desejar comprar 50 BOVA11 você pode. Nas ações, para comprar o lote, você precisaria comprar 100 ativos.

      Se for comprar 55 BOVA11 por exemplo, teria de comprar 50 BOVA11 e 5 BOVA11F (F de fracionário). Minha sugestão é evitar ao máximo o mercado fracionário, já que a liquidez (número de negócios) é bem inferior ao mercado “tradicional”, do lote inteiro.

      Abraços!

      • Rafael Fernandes

        Olá Henrique,

        Tenho uma dúvida em relação a este seu comentário, quando realizar a compra do BOVA11 é preciso colocar STOP? Poderia clarear um pouco em relação a isso, comprei no fracionário sem o stop.

        obrigado.

  • Thiagoflc

    Ano passado fiquei de fora! Mas, este ano vou participar também!!
    Parabéns pela iniciativa

  • Walmar Andrade

    Boa. Este ano vou participar!

    • Graaaande Walmar!

      Que honra. Obrigado pela participação!

      Forte Abraço!

  • Ótima iniciativa Henrique

  • Eder Silva

    Não vejo a hora de preencher!

    Desde o final do ano em que conheci este blog tenho a vontade de participar deste acompanhamento especial.

    Att,

    Eder Silva

    • Muito obrigado pelos elogios Eder!

      Espero que a série seja útil para você.

      Abs!

  • dimarcinho

    Olá, HC!

    Sua iniciativa é muito legal, mas creio que há um problema nela: a falta de acompanhamento do longo prazo.

    As ações, por exemplo, possuem uma volatilidade muito menor no longo prazo do que no curto prazo.

    Utilizar sempre intervalos de 1 ano pode mascarar este efeito.

    Não teria como fazer um apanhado das carteiras q participaram em 2011 e 2012?

    []s!

    • Oi dimarcinho!

      Compreendo sua justificativa. Concordo que o prazo é pequeno, mas mesmo desse modo, podemos aprender bastante lidando com dados diários, ao invés de apenas dados mensais.

      Uma opção seria estender essa série para além de 1 ano, mas é algo que ainda preciso pensar melhor.

      Agradeço pelo comentário e sugestão!

      Abraços!

  • Olá HC,

    Parabéns por manter este estudo pois é muito estimulante para os iniciantes e até para os investidores que querem testar suas estratégias. Este ano participarei com o que pude aprender durante todo o ano e 2012 com a alocação de ativos.

    Abraços!

    • Obrigado General!

      Será uma honra receber sua carteira, assim como na série de 2012.

      Forte Abraço!

  • FS

    Caro Henrique,

    Conheci seu trabalho no fim de 2012. É primoroso!
    A seriedade com que o faz também é impressionante.
    Tenho uma dúvida: posso enviar minha carteira até às 23:30 do dia 31?
    Saio de férias hoje e chego dia 31 às 22:50h – ficarei sem internet nesse período.
    Desculpe se estou abusando da sua boa vontade.

    • Claro!

      Sem pressas. Imagino que outros leitores também estarão em situação semelhante. Portanto, sinta-se à vontade para enviar no fim do dia.

      Forte Abraço e boa viagem!

  • Parabéns Henrique!!

    Acompanho seu blog desde outubro de 2012, comprei seu livro que por sinal é excelente e baseado nele e em outros conteúdos também, montei minha estratégia pra 2013, mas agora quero vê-la em AÇÃO através da oportunidade que você está oferecendo.

    Muito obrigado!

    ps: amanhã é meu aniversário e pra mim é um presente e tanto pode participar desse acompanhamento por alguém com seu conhecimento!

    Grande abs!

    • Oi Thiago!

      Que ótimo! Espero que sua participação nessa série seja um bom “presente” para você.

      Forte Abraço e parabéns pelo dia de amanhã!

  • André Mattos

    Henrique,

    Parabéns pelo seu trabalho. Conheci o blog no final do ano passado e por isso não pude participar. Este ano, estou dentro. E aprendendo.

    Grande abraço,

    André Mattos.

  • Anderson Nascimento

    Caro Henrique, primeiramente, parabéns pelo trabalho!
    Se possível, esclareça algumas dúvidas minhas sobre alocação:
    1. recursos para emergências (deixados na poupança, por exemplo) devem integrar a composição da carteira? E imóvel destinado à locação?
    2. a recente tendência de queda dos juros no país pode influenciar no sentido de diminuir a alocação da carteira em RF?
    3. pela sua experiência, qual a melhor maneira de investir em ativos cambiais?

    Obrigado!
    Abraço!

    • Oi Anderson!

      Obrigado pelas palavras. Minhas respostas:

      1. É uma resposta mais pessoal, mas eu prefiro não misturara reservas de emergências com alocação, assim como imóveis. Imóveis pela baixa liquidez e dificuldade de fracionamento. Reservas de emergências são para, como o nome diz, emergências, e não devem ser tratadas como investimento.

      2. Mesmo com a redução dos juros ainda é válido manter uma alocação nos 3 tipos de títulos: Pré, Pos e IPCA.

      3. Fundos Cambiais.

      Abraços!

      • Anderson Nascimento

        Obrigado pelos esclarecimentos, amigo!

  • Kleiton Oliveira

    Henrique,

    Tudo que possuo está em poupança, por incrível que pareça. Estou paralisado desde o início de 2012, acompanhando seus incríveis artigos mas não saio do lugar.
    Podes me “sacudir”, por favor, me dando um próximo passo? Obrigado!

  • Bib

    Sugiro que além das carteiras enviadas, vc crie também algumas “carteiras teóricas”, com alocações comuns (por exemplo: 4-3-2-1), para comparar o desempenho de diferentes estratégias de alocação.

    • Hmmm, é uma ideia interessante! Obrigado pela sugestão.

      Forte Abraço!

  • Sanasrri

    Olá Henrique!

    Você não vai incluir a LTN010116?
    Obrigada.

    • Olá!

      Obrigado pelo aviso. Ao invés de colocar a LTN 2016 ou a 2015 colocarei apenas a LTN 2017.

      Abraços!

  • Rodolfo Barbosa

    O ano passado foi muito bom Henrique, parabéns.
    Conte com minha carteira novamente.
    RB.

  • Rafael

    Boa noite Henrique,

    Estou ansioso para participar. Mais vi que você deixou excelentes FII de fora, tal como:

    FPAB11 e HTMX11B

    Há alguma chance de você repensar na inclusão deles?

    • Oi Rafael!

      Entendo seu desejo por esses fundos. Deixei o HTMX11B, mas o FPAB11 ficou de fora. 🙂

      Abraços!

  • Leo

    Só para avisar, a planilha enviada para 2013 está com erros. Alguns FII’s e NTN’s não estão contando na alocação final.

    • Obrigado pelo aviso Leo!

      Realmente o somatório das alocações estava errado. Já enviei um novo email relatando o problema.

      Forte Abraço!

  • Xerife

    Henrique, bom dia!
    Parabéns por sua iniciativa! Compartilhar conhecimento e da maneira que você faz…sem palavras! Que Deus continue iluminando a sua mente, abençoando, lhe concedendo saúde e prosperidade!
    Que você tenha cada vez mais sucesso em suas escolhas!
    Grande abraço,
    Marcelo R Nogueira (Xerife).

    P.S. Com certeza participarei desta nova série e tentarei uma melhor “sorte”.

    • Muito obrigado Marcelo!

      Desejo enorme sucesso para você.

      Abraços!

  • Eddy R. Dalssoto

    Não consigo fechar em 100%, parece que o somatório esta errado.

    • Oi Eddy!

      Sim, a planilha estava com um problema para calcular o somatório.

      Já enviei um novo email com a planilha revisada. Desculpe o problema.

      Abraços!

  • Rafael Silva

    Grande Henrique,

    Não encontrei na planilha os TPFs: LTN010115, LTN010116 e NTN-B150515. Como devo lançar os valores aplicados nestes TPFs na planilha?

    Abraço,

    • Oi Rafael!

      Sugiro lançar o valor desejado na LTN 2017 e NTN-BP 2019. Abraços!

  • jaime

    Henrique a planilha esta com problemas no somatório.?

    • Oi Jaime!

      A planilha do email antigo está, infelizmente.

      Já enviei um novo email para todos com o novo link para a planilha revisada (tanto no Excel 2007 como 2003).

      Abraços!

  • MK

    Sem NTNB-2015P (ou IMA-B5), que estava sendo vendido até poucos dias atrás, vai ser difícil ter um bom controle de risco…Qual a diferença entre IMA-geral e IMA-geral ex-C? Não seria IMA-C?

    • MK

      Já descobri: no IMA-geral ex-C é excluido o IMA-C.

  • Bernardo Maia

    Boa tarde, Henrique. Parabéns pelo ótimo site.

    Sobre a Alocação de Ativos 2013, tenho uma dúvida:

    Teremos como alterar os percentuais mensalmente para refletir novos aportes?

    Agradeço a atenção desde já.

    Abraço, Bernardo

    • Oi Bernardo!

      Infelizmente não será possível, já que preciso unificar o padrão de todas as carteiras para fazer uma análise mensal consistente.

      Abraços!

  • Olá Henrique,

    vi que você colocou o IMA-B na planilha para escolha. quando fui pesquisar o que era, vi que é um índice, e nao um ativo. Fiquei interessado em investir nele ao invés de fazer diretamente pelo tesouro direto.

    o local (fundo de renda fixa) mais barato que vi para investir no IMA-B é pela caixa: http://www1.caixa.gov.br/gov/gov_comercial/municipal/investimentos/fundos_investimentos/fundos_renda_fixa/fi_brasil_ima_geral/index.asp

    vale a pena o custo de 0,20% ao ano? eu achei q vale, mas o que você pensa sobre isso? valeu!

    • Oi Felipe!

      Obrigado pelo aviso do fundo. Não o conhecia e, para minha surpresa, achei muito válido para quem deseja investir em Renda-Fixa e não quer ficar preocupado escolhendo os próprios títulos públicos.

      O custo de 0,20% ao ano é baixíssimo, se comparado com a média do mercado de fundos.

      Outro fundo que também segue o IMA-Geral é o do Bradesco:

      http://www.shopinvest.com.br/br/pf/fundos_faqTesouro.asp#

      Abraços!

    • VCBN

      Oi, Felipe!
      O fundo de investimento mencionado parece muito bom, todavia acredito que seja um produto criado para clientes institucionais (como fundos de previdência). Parece-me que pessoas físicas não podem ser cotistas.

  • Breno

    Grande Henrique!
    Estava cadastrado no meu email antigo e cadastri no novo ontem…

    Não recebi ainda a planilha, só os emails do minicurso.
    Como faz?

    Abs,
    BF

  • Antonio Alves

    Senti falta das siderúrgicas (acabei que somei e coloquei em VALE pois é fornecedora da matéria prima, embora o comportamento seja diferente por ser uma exportadora essencialmente). E também do setor de peças para transportes (tem várias small caps interessantes que tenho em menor proporção).

    • Oi Antonio!

      Infelizmente, não foi possível considerar todas as ações possíveis nessa série, mas escolhei em torno de 2 ações para cada setor, sendo uma large cap e outra small cap.

      Abraços!

  • Leandro

    Henrique, primeiramente gostaria de parabenizá-lo pela iniciativa. Conheci o seu trabalho no início de 2012 e tem me ajudado bastante nas minhas estratégias de investimento.

    Uma boa parte da minha carteira real está aplicada em debêntures do BNDES (BNDP-D42, BNDP-D61 e BNDP-D62). É possível representá-las através de algum título que está na sua planilha?
    Abs!

  • Leandro

    Henrique,
    primeiramente gostaria de parabenizá-lo pela iniciativa. Conheci o seu
    trabalho no início de 2012 e tem me ajudado bastante nas minhas
    estratégias de investimento.

    Uma boa parte da minha carteira real está aplicada em debêntures do
    BNDES (BNDP-D42, BNDP-D61 e BNDP-D62). É possível representá-las através
    de algum título que está na sua planilha?
    Abs!

  • Henrique,
    primeiramente gostaria de parabenizá-lo pela iniciativa. Conheci o seu
    trabalho no início de 2012 e tem me ajudado bastante nas minhas
    estratégias de investimento.

    Uma boa parte da minha carteira real está aplicada em debêntures do
    BNDES (BNDP-D42, BNDP-D61 e BNDP-D62). É possível representá-las através
    de algum título que está na sua planilha?
    Abs!

    • Oi Leandro!

      Obrigado pelos elogios. Você pode substituir esses ativos pelo IMA-Geral, já que fazem parte da mesma classe, Renda-Fixa. Não é uma aproximação 100%, mas é válida.

      Abraços!

  • MK

    Olá Henrique,

    Acho que tem um problema com alguns papeis do tesouro que vc está usando: a NTNB-principal 2019 e a LTN 2017 só começaram a existir a partir da metade do mês de janeiro. Assim, quem está com estes papeis na carteira só vai ter meio mês de rentabilidade. Acho que deveria substituir estes papeis, não sei muito bem como.

  • Mairlo Luz

    Só na expectativa pra saber o desemprenho das carteiras…

  • RB

    Henrique, seu e-mail não tá recebendo. Estão voltando todos meus emails, Não consigo enviar a planilha.
    Atenciosamente,

    RB.

  • Rodolfo Barbosa

    Henrique, não to conseguindo te enviar a planilha. o Email sempre volta.

    Obrigado.

    Rodolfo Barbosa. RB

  • Olá Henrique. Em dez/2012 comecei a migrar minha alocação de ativos da renda fixa para renda variável haja vista a queda dos juros. Espero aprender mutio mais com a Série Alocação de Ativos 2013, em que vou participar pela 1ª vez. Grato pela oportunidade e bons investimentos a todos……

  • Pingback: Carteiras de Investimentos: Resultados de Janeiro 2013()

  • marcos santos

    Parabéns pelo excelente trabalho!

  • Pingback: Alocação de Ativos na prática para 2013: como investir()

  • Lucas Almeida

    Olá Henrique Carvalho! Gostaria de saber se voc6e irá fazer a série Alocação de Ativos 2014, estou começando minha caminhada agora, e tenho certeza que seria legal contar com essa oportunidade.
    Lucas.

  • Ronilton Costa

    Cadastrei, mas n recebi o email. Tem outra forma de baixar a planilha?

eBook-alocacao-ativos