90 Carteiras, 51 Ativos e 1 Único Objetivo: Aprender! (Resultados de Dez/2012)

carteiras-de-investimentos-2012

Olá Amigos!

Essa é a 12ª e última atualização da série Alocação de Ativos em 2012.

Todas as atualizações você pode acompanhar na seção carteiras de investimentos aqui no blog.

A média das 90 carteiras nesse mês foi de 2,64%.

Continue lendo essa atualização para saber mais sobre:

  • Quais são os ativos mais comuns entre as carteiras?
  • Estatísticas surpreendentes sobre as carteiras
  • Rentabilidade Mensal dos 51 Ativos e das 90 Carteiras
  • Ranking das Carteiras
  • Qual carteira possui o maior índice de sharpe?
  • Carteira Destaque do Mês
  • Relação entre risco x retorno das 90 carteiras

Conheça as 90 Carteiras de Investimentos

Acompanhe abaixo os dados sumarizados dessas 90 carteiras.

1. Alocação de Ativos Média das Carteiras (Classes de Investimentos)

Alocação Média das Classes das Carteiras de Investimentos

Uma das primeiras surpresas que tive quando comecei a receber as planilhas foi saber que vários investidores estavam utilizando o modelo 4-3-2-1.

Ele se refere a: 40% Renda-Fixa; 30% Ações; 20% FII e 10% Câmbio.

A diferença da média para este modelo é que os investidores preferem tirar 5% do Câmbio para investir esses 5% em Ações.

Na minha opinião é uma boa escolha, já que nem toda carteira deve alocar em câmbio.

2. Ativos que Receberam a Maior Alocação

Cada círculo azul no gráfico acima se refere a um ativo.

No eixo Y você pode ver a participação de cada ativo na carteira média.

No eixo X você acompanha a posição (ranking) desses ativos nos 51 ativos presentes.

O ativo com maior média de alocação foi a LFT 2015, seguida pela LTN 2015 e pelo BOVA11.

Analisando os ativos preferidos nota-se que não há nenhuma ação individual ou fundo imobiliário, o que significa que o público do HC Investimentos tende a diversificar mais sua carteira, alocando em ativos que sintetizam melhor um índice.

A lanterna fica com TAMM4, com uma alocação média de apenas 0,06%.

Warren Buffet, no livro The Intelligent Investor, já citou detestar companhias aéreas…

Não sei se é coincidência, mas os investidores parecem concordar com ele.

3. Estatísticas Interessantes e Surpreendentes sobre as Carteiras

Estatísticas das Carteiras de Investimentos

Separei 7 itens do tipo: “Você Sabia?”

  1. Além de 52% das Carteiras Investirem nas 4 Classes, 83% investem em 3 classes de Investimentos.
  2. Além de 21% das Carteiras Investirem mais de 50% em Renda-Fixa, apenas 9,52% investem mais de 50% em Ações.
  3. Costumo dizer que o investidor deve investir, no mínimo, em 5 fundos imobiliários diferentes. Neste caso, o baixo número de 63% me preocupa.
  4. Além desta regra de bolso de 5 fundos imobiliários, cito que uma diversificação ideal seria acima de 10 fundos imobiliários. Somente 30% passaram neste teste.
  5. 42% das Carteiras Investem somente em ETFs de Ações na Classe Bolsa. Até que o número me surpreendeu positivamente.
  6. 42% das Carteiras Investem em um Mix de ETFs e Ações Individuais. Aqui era onde esperava a maior concentração de investimentos.
  7. 17% das Carteiras Investem somente em Ações Individuais na Classe Bolsa. Será interessante analisar o retorno x risco destas carteiras.

Nota: Pode haver pequenas distorções nos números por questões de aproximações.

Rentabilidade Mensal

Após esses gráficos introdutórios sobre as 90 carteiras participantes, precisamos analisar o retorno dos 51 ativos que as compõem.

Rent-Mensal-Todos-Ativos

Somente desse modo saberemos o quanto cada carteira obteve de rentabilidade.

Nota: A rentabilidade apresentada pode ser ligeiramente diferente de alguma base de dados, já que ela é calculada através de dados diários, ao invés de simplesmente pegar o dado mensal de uma fonte.

É um gráfico bem extenso, mas resume em detalhes todos os ativos.

Se você não está acostumado com esse tipo de gráfico vou relembrar suas principais informações:

  1. O gráfico reflete um ranking decrescente. Logo, de cima para baixo temos os ativos com maior rentabilidade.
  2. Existe uma divisão (linha cinza) entre ativos com rentabilidade positiva (barras azuis) e rentabilidade negativa (barras vermelhas).
  3. Cada classe de investimento recebe uma cor para facilitar a visualização do retorno: Renda-Fixa (azul); FII (verde); Câmbio (laranja) e Bolsa (vermelho).

A rentabilidade e as análises desses 51 ativos foram divididas em 6 gráficos diferentes:

1. Distribuição do Retorno Mensal dos Ativos

Dist-Retorno-Mensal-Ativos

Ao invés de analisar uma longa tabela mais um gráfico que mais parece um arranha céu, que tal analisar a distribuição do retorno mensal de cada ativo?

O gráfico é simples. No eixo vertical (Y) temos o retorno mensal de cada ativo.

No eixo horizontal (X) temos a posição no ranking de rentabilidade do ativo.

Logo, analisamos da esquerda para à direita os ativos com maior rentabilidade.

MMXM3 foi o destaque do mês, com rentabilidade de 26,42%.

CMIG4 foi o fracasso do mês, com rentabilidade de -11,96%.

Todos os detalhes sobre as carteiras em breve…

Mas antes…

2. Retorno Mensal das Classes de Investimentos

Retorno-Mensal-Classes

Este gráfico coleta a rentabilidade média de cada tipo de classe.

Por exemplo, a Classe Bolsa possui 23 ativos, sendo 3 ETFs e 20 ações.

Logo, calcula-se a média (sem ponderação) para essa classe, assim como para todas as outras.

Nesse caso, a média da classe Bolsa é de 3,29%, valor superior ao retorno de BOVA11 no mês, de 5,65%.

O ETF PIBB11 apresentou rentabilidade de 2,88% e o ETF SMAL11 6,43%.

Para saber mais sobre a relação entre BOVA11 x PIBB11 leia essa análise comparativa que fiz entre os dois.

A classe Fundo Imobiliário foi a que obteve o melhor resultado no mês, com alta de 4,28% na média.

3. Distribuição do Retorno Mensal da Classe Renda-Fixa

Retorno-Mensal-RF

Novamente, um gráfico que analisa a distribuição do retorno.

Porém, agora os ativos são rankeados dentro de sua própria classe. No caso, Renda-Fixa.

Nesta atualização os títulos indexados à inflação apresentaram os melhores resultados.

Falando em inflação, esse será um tema muito discutido em 2013, já que os juros caíram bastante em 2012 e a inflação está em um patamar alto para a meta de 4,5% ao ano.

4. Distribuição do Retorno Mensal da Classe Fundos Imobiliários

Retorno-Mensal-FII

Este mês não foi um bom mês para os fundos imobiliários, que apresentaram perdas em sua grande maioria.

O ativo destaque para os fundos imobiliários foi o WPLZ11B, com rentabilidade de 12,61%.

Do lado negativo, o fundo BBRC11 apresentou o pior resultado, com rentabilidade de -4,10%.

Embora sejam fundos imobiliários e não apresentem a mesma magnitude de risco das ações, perceba a variação do retorno entre eles em um único mês. Portanto, nunca esqueça de diversificar.

No longo prazo, uma carteira com Renda-Fixa + FII + Bolsa, formando a Tríade Financeira, tende a obter uma relação risco x retorno muito melhor do que uma carteira somente com Renda-Fixa + Ações.

5. Distribuição do Retorno Mensal da Classe Câmbio

Retorno-Mensal-Cambio

É importante lembrar que os ativos cambiais possuem um correlação negativa com o Ibovespa e tendem a apresentar na maioria das vezes resultados opostos ao índice.

Por esse motivo, devido à alta do Ibovespa de 6,05% em dezembro, todos os ativos cambiais apresentaram perdas nesse mês.

6. Distribuição do Retorno Mensal da Classe Bolsa

Retorno-Mensal-Bolsa

Mais uma vez note a variação de retorno entre a melhor ação (MMXM3 +26,42%) e a pior ação (CMIG4 -11,96%).

Todo mês eu coloco aqui uma mensagem sobre a importância de diversificar e esse mês não será diferente.

Se você coloca 100% do seu dinheiro em uma única ação você não está investindo, mas apostando, não importa qual seja a empresa.

Casos como a OGXP3, MMXM3, CMIG4 já foram relatados aqui nessa seção sobre carteira de investimentos e a cada mês temos uma nova surpresa.

A alta volatilidade e risco das ações individuais nos obriga a escolher diversas delas para não sofrer tanto em momentos de pânico e não deixar de aproveitar momentos de euforia.

O debate entre ações individuais x ETFs de Ações irá sempre existir. Independente da sua preferência, diversifique sempre!

Ícone curso Curso 100% grátis!

Junte-se a leitores que recebem as nossas 10 aulas grátis sobre investimentos!

Carteiras de Investimentos: Ranking no Mês

Rank-Mensal-Carteiras

clique na imagem para ampliar

Na tabela acima você pode ver a rentabilidade mensal das 90 carteiras enviadas, ordenadas pelo ranking de rentabilidade no mês.

A carteira líder no mês é a CPC, com uma rentabilidade de 6,12%.

Carteiras de Investimentos: Ranking (Acumulado)

Rank-Acumulado-Carteiras

clique na imagem para ampliar

Na tabela acima, você pode ver o ranking da rentabilidade acumulada das 90 carteiras enviadas.

A carteira líder em 2012 foi a carteira XAR, com uma rentabilidade de 32,98%.

Distribuição do Retorno Acumulado das Carteiras de Investimentos

Dist-Total-Carteiras

Acima, o gráfico de distribuição do retorno acumulado as 90 carteiras analisadas.

Carteira Destaque do Mês

Destaque-Mes

O destaque desse mês é a carteira EF com rentabilidade de 4,03% no mês e acumulada no ano de 28,15%.

É uma carteira bem diversificada em todas as classes.

Esta é uma carteira com ótimo índice de sharpe (2,85).

Sua alocação 5-3-2 (50% Renda-Fixa, 30% FII e 20% Ações) mostra que mesmo carteiras conservadoras puderam obter um ótimo retorno nesse ano de 2012.

Com somente 20% em ações, distribuídas entre BOVA11 e SMAL11, essa carteira obteve uma fantástica rentabilidade de 28,15% com risco muito baixo.

Perceba que o pior resultado mensal dessa carteira foi de -0,58% em outubro/2012.

Índice de Sharpe

Veja no gráfico abaixo as 10 carteiras com maior Índice de Sharpe:

10-maiores-indices-de-sharpe

Um Índice de Sharpe acima de 1,00 já é um ótimo resultado.

Entretanto, essas 10 carteiras apresentaram resultados acima de 2,50, o que mostra uma ótima relação retorno x risco dessas alocações nesse ano.

Para ver a lista completa do índice de sharpe das 90 carteiras basta ver essa imagem.

Retorno x Risco das Carteiras

Risco-Retorno-Carteiras

O maior retorno (mais acima) é da carteira XAR. Porém, perceba que ela também é uma das que apresenta maior risco. Isso se deve ao fato dessa carteira apresentar uma baixa diversificação.

O menor risco (mais à esquerda) é da carteira LASA, bem próximo da FRAR.

Portanto, quanto mais acima e mais à esquerda a carteira estiver, significa que ela obtém a melhor relação risco x retorno.

Conclusão

O ano de 2012 termina com os seguintes números:

  • A rentabilidade média das carteiras acumulada no ano é de 19,76%
  • A rentabilidade do CDI em 2012 é de 7,82%
  • A rentabilidade do Ibovespa nesse ano é de 7,40%
Com esses números conseguimos chegar a uma importante conclusão:
  • O índice de sharpe do Ibovespa é de -0,02 (sua volatilidade anual é de 20,65%)
  • O índice de sharpe da média das carteiras é de 1,81 (sua volatilidade anual é de 6,61%)

Portanto, as carteiras estão obtendo um retorno bem acima do CDI (252,64% do CDI) e do Ibovespa, com um risco 3x menor do que a Bolsa.

Analisar os resultados dessas 90 carteiras diferentes permite amplo uso de dados para verificar conceitos como:

  • Diversificação de Carteiras
  • ETFs x Ações Individuais
  • Minimização de Risco
  • Número adequado de fundos imobiliários para investir
  • Correlação entre as diferentes classes

Update Anual da Série Alocação de Ativos

Essa atualização mensal de dezembro encerra nossa série sobre alocação de ativos em 2012.

Desde já quero agradecer a todos vocês que participaram dessa série e a enriqueceram ainda mais seu objetivo com excelentes comentários a cada atualização mensal.

Entretanto, ainda publicarei um novo artigo com uma avaliação mais completa de todo o ano de 2012 e como essas 90 carteiras desempenharam ao longo desse período.

Nesse novo artigo você saberá mais sobre:

  • Porque a carteira com maior rentabilidade não é a carteira com maior índice de sharpe.
  • Como e porque a média das carteiras foi bem superior ao CDI e Ibovespa (19,76% x 7,82% x 7,40%).
  • Evolução diária de 5 carteiras escolhidas a dedo.
  • Uma análise completa sobre a alocação de ativos e sua influência nos resultados.
  • O que esperar dessa série em 2013? Teremos novidades?! 🙂

Já adiantando, as inscrições para essa nova série serão feitas exclusivamente através de nossa lista de emails.

Portanto, se você ainda não está cadastrado nela, coloque seu email abaixo e clique no botão “Quero Receber!”.

Coloque agora seu email no campo abaixo e clique em “Quero Receber!”

E fique ligado no blog!

Forte Abraço e um ótimo 2013,

Henrique Carvalho

(crédito das imagens: shutterstock.com)

Sobre o autor

Henrique é especialista em alocação de ativos, eleito um dos 5 melhores educadores financeiros do Brasil em 2012/2013. Continue Lendo aqui!

  • Belo trabalho nesta série este ano. Estarei aguardando como será em 2013.
    Abs, Vinícius Oliveira

    • Muito obrigado Vinícius!

      Estou curioso para as novas carteiras enfrentarem um cenário mais volátil esse ano. Sei que é contra o senso comum, mas seria ótimo para um estudo ter mais subidas e descidas em 2013. 🙂

      Abraços!

  • Areta

    Olá, acompanho seu ótimo trabalho há algum tempo e gostaria de deixar uma sugestão de artigo pra você: eu já ouvi mts pessoas dizendo que, nos financiamentos de imóvel de prazo longo, não é vantajoso economicamente dar pequenas amortizações, como de 10% do saldo devedor ou menos, já que o juros no SAC incidem sobre todo o saldo e a pequena amortização acabaria sendo toda absorvida por esses juros. Que tal fazer um estudo sobre a vantagem ou desvantagem de usar as “sobrinhas ” do salário como forma de amortizar o financiamento ? Com certeza esse assunto interessa a mts leitores. Abçs e parabéns pelo trabalho !

    • Olá!

      Não tenho muito conhecimento sobre o assunto, mas acredito que qualquer amortização de dívidas é válida, quando existe dinheiro sobrando.

      Abraços!

  • Parabéns HC, admiro seu trabalho e dedicação.

    Saúde e Sucesso para 2013!

  • zozimo

    Caro Henrique,
    inicialmente gostaria de parabenizar o seu trabalho
    gostaria de tirar uma dúvida: como vc faz estes infográficos, por exemplo o que demonstra o dos 51 ativos, exisate algum programa especial?
    grato

  • Olá HC,

    Foi um excelente estudo meus parabéns, a diversidade das carteiras e estratégias, além do amplo material enriqueceu com certeza os investidores que buscam um conhecimento mais profundo do Mercado de Valores.
    Estou ansioso pela análise mais completa e o que poderá vir em 2013! 🙂

    Abraços

    • Muito obrigado pelo comentário General!

      É uma honra tê-lo como participante dessa série e como um amigo de blog. Fico feliz em poder fazer parte dessa sua jornada nos investimentos.

      Grande Abraço e um ótimo 2013!

  • Bruno

    Parabéns por mais um excelente trabalho, Henrique.
    Já estou elaborando minha carteira para 2013, animado com o bom resultado apresentado pela minha carteira (BT) em 2012.
    Em 2013, bem mais preparado, depois de ter lido seu e-book e acompanhado regularmente o blog, espero conseguir resultado ainda melhor.
    Abç. e um ótimo 2013.

    • Muito obrigado Bruno!

      Sua carteira mandou muito bem em 2012 e não espero nada diferente em 2013. Parabéns!

      Abraços e um ótimo 2013!

  • Patrick Boudakian

    Henrique, parabéns pelo ótimo trabalho, me responde uma coisa, eu gosto muito dos ETF’s, porem a falta de um fluxo de caixa gerado por dividendos, JCP e etc, o que seria meu objetivo de renda para complementar a aposentadoria no LP, não seria um ponto negativo determinante para investir no LP em ETF’s? Ja que os ETF’s não geram fluxo de caixa em momento algum pois seus div. são reinvestidos automaticamente. Obrigado!

    • Oi Patrick!

      Depende do seu objetivo. Como no caso é o recebimento de dividendos, talvez seja melhor investir através de ações individuais. Porém, lembre-se sempre de diversificar bastante. Estudos mostram números de 20+ ações para uma diversificação boa.

      Abs!

  • Foi uma experiencia excelente participar disso tudo. Minha carteira (AFRFB) representava um sonho que se tornou realidade esse ano. Passei no concurso para Auditor-Fiscal da Receita do Brasil (AFRFB)..hehe..
    Enfim, Henrique, you´re the best! Sempre quis saber qual era o sharpe e o risco da minha carteira..o sharpe voce divulgou, agora o risco ficou faltando..

    abraço

    • Oi Adriano!

      Wow, parabéns pela conquista. É um concurso extremamente concorrido. Mandou benzão! hehe

      O retorno anual da sua carteira foi de 22,56%.
      O risco anual da sua carteira foi de 6,61%.

      Abraços!

  • Chico, carteira “CH”

    Belo trabalho, Henrique. Vamos repetir a dose! Feliz 2013 para todos!

  • Carlos Jr.

    Henrique, só é necessário fazer uma correção no ponto 2 da Rentabilidade Mensal. Onde diz “A classe Câmbio foi a que obteve o melhor resultado no mês, com alta de 4,28% na média”, o correto é a classe de FII.
    Abraço e parabéns pelos sempre ótimos artigos!!

    • Muito obrigado por apontar o erro Carlos. Acabei de corrigir.

      Abraços!

  • Guimarães

    Olá Henrique, gostaria de parabenizá-lo pelo excelente trabalho que engrandece extremamente a blogsfera de finanças.

    Minha carteira teve um bom rendimento, mais de 17% ao ano. Nada mal, para um novato,
    bem parecida com a minha carteira real. Contudo, se tiver o privilégio de
    participar novamente, acho que em 2013 vai ser bem melhor, pois me sinto mais
    bem preparado para acertar nos ativos que escolher.

    Estou ansioso para participar novamente.

    Um abraço.

    Guimarães.

    • Muito obrigado pelos comentários Guimarães!

      É ótimo receber comentários desse tipo em que 1 ano de experiência, além do maior conhecimento das pessoas que compraram o eBook possam trazê-las maior confiança na hora de investir e participar dessa série em 2013.

      Abraços!

  • Bruno

    Excelente trabalho. Os FII em 2012 foram os que mais renderam dentre as classes de ativos. Depois vieram o Ouro e o Dólar. A RF também não fica para trás. Só a Bolsa (em geral) que deve baixo rendimento.

    Aguardando o relatório final de 2012 e esperando as vagas para novas carteiras em 2013.

    • Oi Bruno!

      A Bolsa, embora não tenha tido um bom ano, com rendimento bem abaixo das demais aplicações e do CDI, ainda conseguiu ficar acima da poupança e da inflação.

      Vou me esforçar para trazer um relatório detalhado de 2012 para vocês.

      Abraços!

  • TBB

    Acreditava que ficaria entre os 5. De qualquer forma a carteira TBB teve uma ótima rentabilidade no ano. Parabéns para todos nós.

    • Obrigado pelo comentário!

      Sim, o importante é ter um rendimento acima do CDI e Ibovespa com risco controlado. De olho no índice de sharpe!

  • Maravilha! Ficou bem parecida com a minha carteira particular, que fechou o ano com 26,8%

    FQ12

    • Que ótimo Felipe! 🙂

      Apesar do ano apresentar rendimentos em torno de 8% para CDI e Bolsa, sua carteira conseguiu um rendimento 3x superior. Parabéns!

      Abraços!

  • Marcelo – carteira CPRM

    Henrique, parabéns pelo trabalho. Aprendi bastante acompanhando os resultados mensais das carteiras. Minha Carteira Para Renda Mensal (CPRM) não teve nenhuma alocação em câmbio, pois não conhecia nenhum ativo dessa classe que gerasse renda mensal. Graças ao seu site resolvi pesquisar ativos dessa classe e descobri o papel MMXM11, que promete pagar regularmente royalties em dólares, depois que (ou SE) o Porto Sudeste do Eike Batista (risco X) começar a operar em 2013. Valeu !

    • Oi Marcelo!

      Vejo câmbio como uma opção ao invés de uma obrigação como classe.

      Serve para maior proteção, para quem possui mais gastos em moedas e para quem não suporta fortes perdas em períodos muito curtos.

      Portanto, avalie se realmente você precisa dessa classe em sua carteira, porque as 3 classes que compõem a Tríade Financeira (RF + FII + Bolsa) já fazem um ótimo trabalho.

      Abs!

  • Bruno

    Excelente o trabalho de acompanhamento de carteiras. Os FII bateram todos os investimentos em 2012. Em seguida Ouro e Dólar. Será que 2013 será diferente? No aguardo do Acompanhamento de Carteiras em 2013!

    • Oi Bruno!

      Os FII tiveram rentabilidade acima de 35% nesse ano. Quem alocou um pouco nesse investimento, como a grande maioria dos nossos leitores, teve um bom resultado.

      Abraços!

  • Henrique

    Parabéns pela finalização de mais um excelente trabalho Henrique, a sua competência e didática fazem toda a diferença cara!!!

    A minha carteira (CHRQ88) fechou o ano com 22,05%, estou satisfeito mas acabei pecando na alocação em câmbio rs! …agora pra 2013 irei fazer alguns ajustes!!

    Grande Abraço

    • Oi Henrique!

      Esse é o objetivo. A cada ano, as carteiras analisadas aqui no blog estão se aperfeiçoando e entregando melhores resultados. O seu foi excelente e ano que vem promete!

      Abraços!

  • Mauricio Tessitore Gines

    Perfeito!!!
    Ótimo trabalho!!!
    Parabéns as todos investidores da carteira.
    Ja estou ansioso para esse artigo com a avaliação detalhada….
    Espero tambem estar no proximo acompanhamento.
    2012 foi o ano da virada, quando mudei totalmente meus dogmas sobre aonde aplicar meu dinheiro.
    Você, Rafael do queroficarico (por onde conheci o HCinvestimentos) e o livro “Os Segredos da Mente Milionaria” foram os responsáveis
    Admiro demais seu trabalho, meus parabéns.
    Abs
    Maurício

    • Que ótimo Mauricio!

      Esse livro é fantástico e foi o que me inspirou lá em 2007 a entender melhor o mundo dos investimentos, das minhas próprias finanças e minha mente também.

      Obrigado por acompanhar meu trabalho e o do Rafael!

      Abraços!

  • Thiago

    Karamba!!! De cair o queixo esse seu trabalho viu! Parabéns.

  • MarcoK

    Parabéns pelo ótimo trabalho! Infelizmente não consegui me manter no top 10 do índice sharpe neste último mês.
    Uma sugestão para a próxima série seria substituir algumas ações individuais por alguns ETFs como csmo11, divo11, etc. Não gosto muito de como ficou a composição do divo11, mas a princípio pode ser mais segura que uma ação individual.

  • Pingback: Retrospectiva do Mercado Financeiro em 2012 (Dados e Gráficos)()

  • Pingback: Alocação de Ativos em 2013()

  • Pingback: Ela está Aqui! Conheça a série Alocação de Ativos 2013 e Saiba Como Participar : Dinheiro&Você | Conquiste sua independência financeira!()

  • Lucas Lessa

    Olá Henrique, parabéns pelo trabalho!

    Será que vc poderia disponibilizar no site a planilha que utiliza para acompanhamento mensal de uma carteira, de forma a gerar os graficos e analises que utiliza nos comparativos?

    um forte abraço!

  • Henrique, muito legal o seu site. Comprei seu livro e estou pesquisando em como montar minha carteira. Há algum lugar no site onde consiga ver detalhadamente quais ativos as carteiras de destaque possuem?

  • Pingback: Carteiras de Investimentos: Resultados de Janeiro 2013()

  • Pingback: [1/12] Atualização Mensal das 380 Carteiras (Janeiro/2013) : Dinheiro&Você | Conquiste sua independência financeira!()

  • Pingback: Carteiras de Investimentos: Resultados de Fevereiro 2013()

  • Pingback: Carteiras de Investimentos: Resultados de Abril 2013()

  • Pingback: Carteiras de Investimentos: Resultados de Maio 2013()

  • Pingback: Carteiras de Investimentos: Resultados de Junho/2013()

  • Pingback: Carteiras de Investimentos: Resultados de Julho/2013()

  • Pingback: [7/12] Atualização Mensal das 380 Carteiras (Julho/2013) : Dinheiro&Você | Conquiste sua independência financeira!()

  • Pedro Henrique

    Venho constantemente fazer consultas aqui no site. Parabéns pelo trabalho e organização das idéias/infos! Top.

    • Muito obrigado Pedro! 🙂

      Continue acompanhando os artigos aqui do HC Investimentos.

      Abraços!

  • Pingback: Carteiras de Investimentos: Resultados de Agosto/2013()

  • Pingback: [6/12] Atualização Mensal das 380 Carteiras (Junho/2013) | Economia de forma rápida e descomplicada()

  • Pingback: [5/12] Atualização Mensal das 380 Carteiras (Maio/2013) | Economia de forma rápida e descomplicada()

  • Pingback: [4/12] Atualização Mensal das 380 Carteiras (Abril/2013) | Economia de forma rápida e descomplicada()

  • Pingback: Carteiras de Investimentos: Resultados de Março 2013()

  • Pingback: [9/12] Atualização Mensal das 380 Carteiras (Setembro/2013)()

  • Pingback: [9/12] Atualização Mensal das 380 Carteiras (Setembro/2013) | Economia de forma rápida e descomplicada()

  • Pingback: Carteiras de Investimentos: Resultados de Outubro/2013()

  • Pingback: Carteiras de Investimentos: Resultados de Novembro/2013()

  • Pingback: Carteiras de Investimentos: Resultados de Dezembro/2013()

eBook-alocacao-ativos