Harry Markowitz e a Fronteira Eficiente

O termo Fronteira Eficiente advém dos estudos de Harry Markowitz sobre a relação entre retorno, risco e correlação dos ativos. As bases da alocação de ativos. Considerado o pai da Moderna Teoria dos Portifólios, Harry Markowitz observou que o risco individual de um investimento não é tão importante como o conjunto de todos os investimentos […]

Estudo prático da correlação no mercado brasileiro

Na conclusão do post anterior vimos que a correlação entre ativos não é algo estático, mas está em mudança todo o tempo. Na imagem abaixo podemos observar a correlação entre o Ibovespa e o Dólar ao longo de 12 meses corridos de Julho de 1994 até Julho de 2009. (Clique na imagem para ampliar) Notem […]

A Correlação entre Ativos e seus Benefícios

No post anterior falei dos benefícios do rebalanceamento, vendendo ativos que performaram bem e comprando ativos que não tiveram uma performance muito boa. Com isso, podemos assumir que os diferentes investimentos em um portifólio não agem de uma mesma maneira, propiciando condições para o rebalanceamento. Utilizando a análise através da correlação entre os ativos podemos […]

Introdução a Alocação de Ativos

Depois de testar diversas estratégias como Análise Técnica, Venda Coberda, Análise Fundamentalista com relativo fracasso, encontrei uma jóia rara nos investimetnos: A Alocação de Ativos. Os 5 Benefícios da Alocação de Ativos Desde que comecei a utilizar esta estratégia obtive diversos benefícios, como os 5 citados abaixo: 1. Maior Retorno 2. Menor Risco: Aliás, foi […]

Risco: Conceitos e Definições

O que é risco? O conceito de risco em investimentos tem significado diferente para as pessoas. Para alguns risco expressa volatilidade, para outros expressa a possibilidade de perder dinheiro. É fácil entender porquê a maioria pensa em risco como a possibilidade de perder dinheiro. Quando o mercado cai bastante é a primeira notícia do jornal. […]

A dualidade do Ibovespa e do Dólar

Após a abertura das bandas cambiais em 1999, o dólar passou a variar quase livremente, se não fossem intervenções do BC (Banco Central) visando diminuir a velocidade (volatilidade) que o Dólar anda. E nestes 10 anos o Dólar já passou por diversas fases: De R$1,70 para R$4,00 De R$4,00 para R$1,55 De R$1,55 para R$2,60 […]

eBook-alocacao-ativos